Como a fusão entre Hapvida e Intermédica pode afetar o investidor

 

O sócio da RGS Partners destaca que o cenário será mais difícil para os competidores. “O grupo tem um grande poder de preço para clientes e também de custos frente ao corpo clínico e materiais médicos, medicamentos. De modo geral, não há um concorrente verticalizado com porte próximo”, afirma.

O grupo se destaca pelo protagonismo que conquista no mercado e, na visão de investidores, ainda há espaço para crescimento das ações.

Veja a matéria completa:
https://einvestidor.estadao.com.br/mercado/hapvida-intermedica-acoes-impacto/

 

Comments are closed.